terça-feira, 6 de setembro de 2016

Questão do Leitor #1

Bom dia queridos amigos,
Recebemos uma dúvida de um leitor que não quis se identificar.

Caso queira enviar dúvidas ou desabafos, é só preencher essa caixinha ao lado. →

"Boa Noite bem eu vou fazer uma pergunta essa pergunta é bem batata quente uma moça em são paulo entrou com uma ação na justiça contra o ex-noivo porque se sentiu uma completa idiota quando o seu ex terminou o noivado minutos antes de acontecer o casamento em cartório a moça foi ao cartório crente que iria casar mas as coisas não deram certo para essa moça e para ficar ainda mais ruim que já estava os vizinhos da rua onde essa moça morava fizeram piadinha com o fato dela ter o casamento desmarcado e isso a deixou pe da vida e para ela isso foi a gota d'agua em sua alegação a  moça disse que gastou muito dinheiro com vestido de noiva buffet convites para a festa do casamento salão de festas e tudo mais que uma noiva sonha em seu casamento e em sua defesa o ex disse que queira levar a ex-noiva e o seu filho para morarem com ele na cidade dele mas os pais da moça não aceitaram a ideia pois não queiram ficar longe da filha e do neto e o resultado a justiça deu ganho de causa a essa moça e condenou o ex a pagar 5 mil reais de danos morais e financeiros e mais os custos do processo e ai a justiça acertou ou errou feio nessa?"

Thi


(***), em relação a questão jurídica não podemos opinar. Mas em relação a noiva, com certeza ela foi prejudicada... por mais que o sogro tenha imposto condições das quais o noivo discorda, isso já deveria ter sido acertado com antecedência e se fosse o caso de uma desistência que fosse muito antes
Essa história de noivo fugindo de casamento, noiva fugindo pela cidade é só em filme.. na vida real causa danos psicológicos graves
E se ele a ama deveria ter buscado outra solução e não ter largado ela. Se ele não a amava não deveria ter pedido em casamento. De qualquer forma não dá pra mensurar em valores o trauma de uma pessoa mas na minha opinião foi acertada a decisão.


Val
   Casamento é algo muito sério, a atitude do noivo foi bem errada justamente pelo fato de ele querer desistir no momento em que faltava pouco tempo para concretizá-lo, se ele realmente queria morar em outro lugar com a noiva e o filho que acertasse isso com bastante antecedência antes de começar os preparativos do casamento, vendo o que seria bom para ambas as partes e se fosse necessário, mesmo depois de casar, ficar por um tempo por aqui e depois voltar novamente nesse assunto de mudança de cidade. Então, na minha opinião a justiça acertou sim, pelos danos que foram causados a noiva.
   

É isso aí queridos leitores,
Esse "quadro" de perguntas e respostas ainda está em processo de melhorias, mas já estamos a disposição.

Um abraço!